Como abrir uma conta no banco para minha empresa

Compartilhar é se importar!

Quando se abre uma empresa é preciso abrir também uma conta bancária apenas para ela, onde será utilizada para controlar todas as entradas e saídas financeiras.

O empreendedor primeiramente precisa avaliar se a conta é realmente necessária, é importante abrir caso deseja receber todos os pagamentos de outras empresas, obter financiamentos ou até mesmo linhas de créditos especiais para empresários.

Então se a sua atividade envolva atendimento apenas para pessoas físicas e não tenha interesse algum em obter empréstimos, você pode exercer suas atividades com a conta bancária de pessoa física que já possui.

Agora, se seus clientes envolvem outras empresas também, é necessário abrir uma conta empresarial, pois, por questões contábeis, seu cliente corporativo só poderá efetuar o pagamento via transferência para a conta de outra empresa, na qual seja titular a razão social que está descrita na Nota Fiscal.

 

Além disso, caso também pretenda participar de licitações, atente para o fato que muitas delas estabelecem a necessidade de uma conta empresarial em um banco público para receber os pagamentos (ou seja, Banco do Brasil ou Caixa Econômica Federal).

Sendo assim constatando que é necessário abrir uma conta PJ, é importante se preparar para toda a parte burocrática, mas é bem simplificada e existem profissionais prontos a ajudar.

Para abrir uma conta PJ em uma agência bancária, são necessários alguns documentos e um pouco de paciência com a burocracia. Basicamente, você vai precisar levar o CPF, um comprovante de residência, um comprovante de inscrição e cadastro do CNPJ, o próprio CNPJ e um certificado de microempreendedor individual. Fique atento, pois diferentes bancos podem pedir diferentes documentos, além de cópias, que podem necessitar de autenticação em cartório.

Porém existem inúmeros benefícios ao abrir uma conta jurídica:

  • conseguir empréstimos e financiamentos com mais facilidade;
  • convênios de arrecadação e cobrança;
  • aplicações financeiras;
  • transferência entre contas via DOC ou TED;
  • tarifas mais baixas.

Geralmente são oferecidas algumas linhas de serviços aos empresários e a distinção entre elas é feita pelo valor de faturamento da empresa.

Dessa maneira, microempreendedores individuais, pequenos, médios e até donos de grandes empresas terão à sua disposição os melhores planos de conta de pessoa jurídica, podendo escolher a opção que melhor atenda às necessidades do seu negócio.

As instituições bancárias funcionam basicamente da mesma maneira em todo o país, independentemente de qual “bandeira” a agência carrega.

Na hora de escolher qual é o banco ideal para você, é preciso levar em conta diversos fatores, como agência mais próxima da sede do empreendimento, costume (manter a conta da empresa na mesma agência ou banco que a sua conta pessoal pode facilitar a sua vida, além de garantir algumas facilidades) e alguns valores, como taxa de juros aplicada e valor da anuidade e outras tarifas.

Vale lembrar que não existe uma bandeira que seja mais valiosa ou vantajosa que a outra, é importante levar em consideração um conjunto de fatores que vão desde experiências prévias, facilidades oferecidas na hora de abrir a conta e principalmente as necessidades da sua empresa.

Quando for escolher um banco é importante selecionar aquele que se torna parceiro do seu empreendimento, ou seja, um banco que oferecem todas as facilidades e principalmente serviços que visam sempre o crescimento da empresa.

Um bom internet banking também faz toda a diferença, afinal, quem gosta de ter que ir ao banco para resolver pequenas pendências que podem ser feitas a distância? Mais importante do que o nome, na hora de escolher um banco, tenha em mente que praticidade e atenção são peças fundamentais para evitar o stress.

As contas bancárias específicas para pessoas jurídicas podem até apresentar valores um pouco mais altos do que as de pessoas físicas, mas compensam em relação aos serviços mais amplos, às concessões de crédito mais vantajosas, às taxas de juros mais baixas e ao acesso a produtos financeiros específicos.

Entretanto, para garantir o melhor custo-benefício e o produto mais adequado para o perfil da sua empresa, é preciso tempo para pesquisar, já que os serviços e os valores médios variam conforme cada pacote e cada instituição financeira.

Ao abrir uma conta bancária específica para pessoa jurídica, o empresário conseguirá controlar e acompanhar de perto tudo o que acontece com a vida financeira da sua empresa. Isso reflete também no planejamento e no direcionamento da empresa, ajudando-a a prospectar o futuro e crescer ainda mais.

Portanto toda a pesquisa sobre taxas, lucros, investimento e facilidade em movimentação monetária é muito válida nessas horas. Para que no futuro não seja necessário trocar de banco, pois o trabalho é muito grande, além de toda a burocracia que é precisa para trocar de banco, avisar todos os seus clientes pode ser um tanto quanto trabalhoso.

Faça a abertura da conta de uma forma calma e analise todos os pontos antes de efetuar a abertura.

Compartilhar é se importar!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *