ROI (O que é)

por | agosto 24, 2019

Compartilhar é se importar!

ROI é a sigla para expressão Retorno Sobre Investimento, por meio desse indicador é possível saber quanto dinheiro a empresa está ganhando ou até mesmo perdendo em casa investimento realizado.

Isso inclui tudo o que for feito visando algum lucro futuro, como campanhas de marketing, treinamentos de vendas, aquisição de ferramentas de gestão, novas estratégias de retenção de clientes, etc.

Existe uma maneira correta de escolher os investimentos que devem ser feitos por uma empresa, entendendo bem as estratégias que dão resultados e até mesmo que são capazes de aproximar o seu negócio das metas.

O ROI é calculado por uma forma simples:

ROI = ( (receita de custo-custo)/custo) x 100

Essa formula pode ser utilizada de uma forma muito abrangente, para analisar seu negócio como um todo e também pode avaliar um projeto ou área individualmente.

Ao calcular o ROI de uma área ou de uma campanha em específico, lembre-se de utilizar apenas o valor levantado pelo segmento escolhido.

Por exemplo, para calcular o retorno sobre investimento de uma plataforma de e-commerce, o valor da receita deve representar apenas as vendas desse canal e não o da loja como um todo.

Para isso é importante saber que os custos são todas despesas necessárias para permitir que a empresa tenha viabilidade do investimento.

Porém vale lembrar que o ROI não leva em conta a duração do investimento, ou seja, se nós estamos falando de um ROI de 5% ao dia o investimento é maravilhoso. Porém de estamos falando de um investimento de longo prazo, por exemplo, de um ano, essa já não é mais uma boa notícia.

O ROI não considera as flutuações de valor devido à inflação, pois o cálculo do ROI também não leva em conta o aumento (ou redução) da inflação.

Ou seja, um retorno de 5% ao ano seria dissolvido pelo aumento da inflação ou por outras questões bancárias (impostos, tarifas, etc).

Outra limitação também é que o ROI não leva em conta a sazonalidade, se você utilizar o ROI para medir um investimento de médio ou longo prazo, pode obter um resultado positivo e também achar que está tudo bem, mesmo não sendo verdade.

Por fim, ao analisar os resultados é muito importante entender de onde vieram os números utilizados no cálculo.

Um empresário pode comparar o ROI de dois produtos dividindo o lucro bruto gerado por cada um deles e considerar como custo as despesas da equipe de marketing.

Enquanto isso, a equipe do financeiro pode fazer a mesma análise utilizando números completamente diferentes como, por exemplo, o lucro líquido de cada produto como receita e o valor total de todos os recursos empregados para produzir e vender o produto como custo.

Por conta disso, quem utiliza o ROI para avaliar um investimento deve se certificar de que conhece a origem dos números utilizados e garantir que todos os cálculos utilizam o mesmo padrão.

Com o cálculo do retorno será possível verificar quais ações estão trazendo maiores resultados, sendo possível aplicar seu dinheiro corretamente, evitando gastar com aquelas estratégias que não agregam nenhum valor à empresa.

Com o cálculo do ROI é possível que a empresa reavalie seus objetivos e metas, podendo assim redefinir suas estratégias de marketing, buscando melhores alternativas, e se necessário, modificando o planejamento de suas campanhas, focando principalmente nas mídias cujo ROI foi mais positivo.

Quanto mais ferramentas as empresas puderem utilizar para melhorar seu faturamento, melhor, e o conhecimento de sua realidade financeira é o primeiro passo para o sucesso.

Por sua vez o ROI também pode demonstrar que talvez aquela campanha de marketing não traga tanto resultado naquele momento, mas que os seus esforços em longo prazo poderão trazer um retorno melhor. Só precisa mesmo ajustar e acompanhar o desenvolvimento de perto.

Por esse motivo é importante nunca abrir mão de calcular o ROI de cada estratégia de marketing que sua empresa implementar, pois com ele é possível manter o foco em projetos que realmente importam, visando sempre o sucesso financeiro do negócio.

Cortar gastos desnecessários já contribui para o aumento das receitas e, por sua vez, dos lucros. Mas, não vamos parar por aí!

Basicamente, por usar o dinheiro disponível da melhor forma possível —  tirando de métodos ineficazes e aplicando em outros que dão certo — o resultado só pode ser um: aumento nos lucros.

Afinal, você terá mais recursos e tempo para usar nas campanhas que estão funcionando, a fim de otimizá-las com o passar do tempo.

Com o ROI acompanhando todo esse retorno e entendendo que é um processo continuo, ou seja, nunca poderá ser deixado de lado, é possível ter um objetivo final com muito lucro de uma maneira consistente.

Quando o hábito de cálculos estiverem estabelecidos você poderá esperar cada vez mais resultados duradouros e ações rápidas para corrigir qualquer problema que seja encontrado.

Compartilhar é se importar!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *